Nutrição Geral - Emagrecimento


Mantenha a linha nas férias

Chegou o Verão e com ele o sol, o calor, a praia e as tão desejadas férias. Para o ajudar a passar dias saudáveis e na linha, leia as sugestões sobre alimentação.

Durante as férias tudo o que queremos é fugir da rotina, das obrigações e deveres, e pensar em cozinhar não é certamente uma boa distracção para a maior parte dos veraneantes.
Nos dias de praia, ou tem possibilidades para comer ao restaurante, e aí não tem que se preocupar com nada, basta pedir um bom prato, ou então leva sanduíches e fruta de casa, ou come num bar alguma comida rápida e pouco nutritiva.

Não é a minha intenção propor que faça cozinhados elaborados, que se apetreche de pratos e talheres, e vá para a praia! No entanto, é possível levar pequenas refeições nutritivas e equilibradas, com pouco trabalho e muito mais qualidade.


Do que precisa o seu corpo durante um dia na praia?

Nos dias quentes de verão e principalmente na praia, não se pode esquecer de repor a água perdida com a transpiração e com o esforço físico. Quando transpira muito, algumas vitaminas e sais minerais também se perdem e devem ser repostos (potássio, zinco, vitaminas do complexo B e vitamina C). Para fazer face a estas necessidades, temos mais uma vez que seguir as regras de uma alimentação saudável: comer frutas e legumes (que além das vitaminas e minerais têm muita água), cereais como o pão, bolachas, e algumas proteínas de origem animal (queijo, fiambre, carne assada, etc.)

Como há limitações na escolha dos alimentos, temos que ter em conta o lado prático do que levamos para a praia.


Seguem algumas sugestões do que pode levar num saco térmico:

- Garrafas de água, chá feito em casa gelado, limonada;

- Fruta lavada e pronta a comer: maçã, morangos, cerejas, pêssegos, bananas, alperces, etc.;

- Algumas cenouras descascadas, pepino arranjado, rabanetes, e outros legumes para ir mordiscando ao longo do dia;

- Sanduíches de pão de mistura ou integral com queijo flamengo ou fiambre ou tiras de carne assada, às quais acrescenta folhas de alface, rodelas de tomate, espinafres cozidos e tudo o mais que for vegetal e que a sua imaginação ditar!

Faça refeições pouco volumosas de cada vez, e beba água frequentemente, mesmo que não transpire e que não sinta sede. Aproveite para caminhar à beira mar, nadar e fazer outros desportos que o entusiasmem.

Ignore os pastéis de nata e bolas de Berlim que anunciam à sua volta, bem como os gelados e outros doces. Batatas fritas de pacote também não são uma boa companhia para os dias quentes!

Se não tem saco térmico/geleira, compre um de tamanho pequeno ou médio (depende do tamanho da família). Noo verão, com temperaturas elevadas, os alimentos podem degradar-se com maior facilidade e dar origem a toxinfecções alimentares. Para além disso, os alimentos e as bebidas frescos são muito mais apetecíveis quando está calor.


Como manter frescos os alimentos frescos!

1. De véspera, certifique-se de que a geleira se encontra limpa; caso não esteja, lave-a com sabão e água quente.
2. Utilize blocos de gelo embalado em plásticos próprios (à venda nos supermercados).
3. Coloque os alimentos na geleira, pouco antes de sair de casa. Retire-os directamente do frigorífico para a geleira.
4. Coloque os alimentos separados por categorias, e ponha em baixo aqueles que serão os últimos a ser utilizados.
5. Escolha pequenos tupperwares para conter os alimentos. Tape bem cada um deles.
6. Mantenha a geleira à sombra, evitando que o sol incida directamente sobre ela.
7. Abra a geleira o menor número de vezes possível, pois de cada vez que o faz, a temperatura no interior da geleira aumenta. Certifique-se de que a fecha correctamente, após cada abertura.


Relembro que deve evitar a exposição ao sol nos períodos de mais calor, e que deve manter a praia limpa (tenha um saco de plástico onde coloca todo o lixo que produzir).

Umas boas férias, e uma praia melhor ainda!

 

 

Abrir para Impressão... Enviar a um amigo... Topo Voltar