Nutrição Geral - Alimentação Equilibrada


Parar de fumar sem engordar

O medo de engordar leva muitas pessoas a adiar a decisão de parar de fumar. Mas este é um pormenor, face às inúmeras vantagens que parar de fumar trará à sua saúde. Saiba como manter o peso estável.

Depois de tomar a decisão de parar de fumar e passar pela fase de preparação, chega a hora de entrar em acção. Marque na agenda o seu dia D e nesse dia pare de fumar (milhões de pessoas já pararam e, se elas conseguiram, porquê pensar que não vai conseguir?!!).

A partir desse dia é necessário que comece a ter alguns cuidados para não ganhar peso. Como a nicotina acelera o metabolismo basal, os fumadores queimam mais calorias que os não fumadores, com o mesmo nível de actividade física. Para contrariar essa diminuição do gasto calórico, importa aumentar a sua actividade. Se anteriormente não praticava exercício físico é chegada a altura de se inscrever num ginásio e começar, o quanto antes. Para além da importância do exercício para aumentar a queima calórica e, consequentemente, impedir que ganhe peso, o exercício irá ajudá-lo a manter-se afastado do cigarro, melhorando a sua saúde a vários níveis. A ansiedade normalmente sentida também pode ser atenuada com a actividade física.

Quando uma pessoa para de fumar, os sentidos do olfacto e do paladar tornam-se mais apurados e a ingestão de alimentos aumenta, por ser mais agradável. A ansiedade sentida quando se para de fumar, leva muitas pessoas a trocar o prazer de fumar pelo prazer de comer. O hábito de colocar algo na boca leva muitas pessoas a correr para a cozinha sempre que vem a vontade de fumar.

Para que uma decisão tão acertada - como é a de deixar de fumar - não se transforme numa dor de cabeça, convém adequar a alimentação e torná-la tão equilibrada quanto possível.

Como controlar o apetite???

  • Tenha sempre à mão alimentos pouco calóricos como as frutas ou os legumes, e coma-os sempre que aparecer a vontade de ter a boca ocupada. Cenoura crua em palitos, rabanetes, pepino às rodelas, maçã em gomos, são algumas opções que deve ter preparadas no frigorífico.
  • Beba muita água pois para além de não ter calorias ajuda desintoxicar o organismo e dilata o estômago, dando uma sensação de saciedade. Colocar gelo picado aumenta a satisfação oral.
  • Mastigue pau de canela, cravo, cristais de gengibre desidratados (ou raiz de gengibre fresca), pastilha elástica sem açúcar, e outros alimentos pouco calóricos mas que mantêm a boca ocupada.
  • Beba bastante chá ao longo do dia, simples ou com adoçante. Algumas variedades como o de camomila, erva-doce, erva-cidreira ou tília têm um efeito calmante, útil para aliviar a ansiedade causada pela falta da nicotina. Evite o café e as bebidas alcoólicas que são excitantes e estão, muito provavelmente, ligadas ao seu antigo vício.
  • Beba sumos de fruta ricos em vitamina C (laranja, limão, acerola, kiwi, toranja, morango, etc.), já que o tabaco destrói esta vitamina. Os fumadores têm menores níveis de vitamina C quando comparados com os não fumadores, por isso é altura de recuperar o seu stock!
  • Nas suas refeições principais escolha alimentos pouco calóricos, carnes magras, sem molhos gordos nem frituras. Sirva-se de porções menores e aumente a quantidade de legumes no prato.
  • Escove os dentes várias vezes durante o dia. Experimente pasta de dentes com novos sabores como o cravo-da-índia ou a mirra, para além do tradicional sabor de menta. Tome consciência desse novo sentido reconquistado, que é o seu paladar.
  • Exercite-se mais. Prefira os exercícios aeróbios como caminhar, nadar, andar de bicicleta, cardiovasculares ou outra actividade que lhe agrade.
  • Mantenha o seu dia a dia ocupado, descubra novos prazeres

Lembre-se que ao parar de fumar recuperará o controle sobre si mesmo e sobre as suas acções. Comer correctamente é mais uma das conquistas que irá conseguir por em prática. Basta acreditar!

 

 

Abrir para Impressão... Enviar a um amigo... Topo Voltar